FANDOM


As Caçadoras de Ártemis são donzelas (humanas, semideusas ou ninfas) que juraram lealdade à deusa Ártemis / Diana para se juntar à ela na caçada e rejeitar romances enquanto vivem. Elas ganham a juventude eterna, desde que não quebrem seu juramento ou caiam em batalha.

Descrição Editar

Caçadoras de Ártemis

As Caçadoras de Ártemis gostam de caçar monstros e tudo o que acharem adequado ao lado de Ártemis. São suas criadas, companheiras e irmãs de armas. Normalmente, apenas cerca de vinte das Caçadoras acompanhavam Ártemis de cada vez, enquanto as demais meninas se envolviam em suas próprias atividades. Elas geralmente são acompanhadas de animais que os ajudarão a caçar, como lobos e pássaros de caça.

Como protetora de donzelas, Ártemis puniria homens que ousassem colocar os olhos em suas Caçadoras. Além disso, por causa de seu juramento, muitas das Caçadoras ficaram tão isolados dos homens que passaram a desconfiar deles, temendo até viajar com eles, como visto em A Maldição do Titã e O Último Olimpiano, embora tenha havido alguns homens que foram aceitos na caça. No entanto, algumas caçadoras como Thalia Grace estão completamente bem em viajar com homens.

História mitológica Editar

Logo após seu nascimento, Ártemis pede para ser levada ao Olimpo para ver seu pai Zeus. Ele jura pelo Rio Estige para lhe conceder qualquer coisa para seu aniversário. Entre outras coisas, ela pede um grupo de seguidores femininas, marcando o início das Caçadoras. Depois de adquirir um arco e flechas dos ciclopes e um bando de cães de caça de , Ártemis reúne seu grupo de seguidoras. Muitas ficaram encantadas com a ideia de viver livremente, sem serem casadas ou cortejadas por deuses apaixonados.

Desejando uma manada de corças com chifres de ouro para puxar sua carruagens, Ártemis reuniu as Caçadoras para ajudá-los a capturá-los. Britomártis, uma ninfa que Ártemis mais tarde recompensaria como uma deusa menor das redes e armadilhas, para capturar suas presas. As outras Caçadoras fazem barulho para atrair as corças e, como esperado, quatro delas vão diretamente nas armadilhas. A quinta foge para a segurança e recebe a bênção de Ártemis por ter sido inteligente.

Ártemis puniu vários homens que ousaram colocar os olhos em seus caçadores. Acteon foi um desses homens que foi vítima de sua ira. Depois de um dia duro de caça, ele se depara com Ártemis e as Caçadores tomando banho uma noite. Apaixonando-se ao ver Ártemis, ele revela sua presença à deusa e insiste que ela se case com ele. Irritado com suas palavras, Ártemis transforma Acteon em um cervo e desperta seus próprios cães de caça do sono para devorar seu mestre. Outro dia, um garoto chamado Sipriotes acaba vendo por acidente Ártemis e as Caçadoras tomando banho. Implorando por misericórdia para não encontrar um destino semelhante ao de Acteon, Ártemis lhe oferece a escolha da morte ou mudança de gênero. Tendo aceitado o último, Sipriotes se junta às Caçadoras.

A caçadora favorita de Ártemis era Calisto, que de tão bonita atraiu a atenção de Zeus. Enquanto ela estava separada das outras Caçadoras, Zeus apareceu para ela na forma de Ártemis. Ele tenta seduzir Calisto, mas quando ela rejeita seus avanços, ele revela sua verdadeira forma e promete manter segredo. Envergonhada com o que aconteceu, Calisto tenta manter em segredo o encontro com Zeus, mas sua gravidez é exposta quando as Caçadoras vão nadar em um lago. Irritada com as ações de seu pai, mas incapaz de perdoar Calisto por mentir para ela, Ártemis tristemente transforma sua ex-melhor amiga em um urso, avisando Calisto que na próxima vez que eles se encontrarem, ela terá que matá-la. Calisto acaba parindo um humano chamado Arcas que virou rei, porém logo depois Calisto é morta por caçadores e transformada por Zeus na constelação da Ursa Maior.

Ártemis também fez amizade com o gigante Órion na ilha de Delos. Impressionada com suas habilidades de caça, ela permite que Órion se junte como o primeiro Caçador homem. Logo, ele e Ártemis se tornam amigos íntimos, tanto que Apolo teme que sua irmã gêmea renuncie ao seu juramento de donzela. Ele inflige insanidade a Órion, que começa a caçar todos os animais que encontra. Isso desperta a mãe Terra, Gaia, do seu sono, enviando um escorpião gigante para matar Órion. Quando Ártemis finalmente encontrou o cadáver de Órion, ela o honrou nas estrelas como uma constelação com o escorpião próximo, imortalizando sua história.

O último homem a se juntar à Caçada foi Hipólito, um belo príncipe que não tinha nenhum interesse em romance e por esta razão, ele recebeu a ira de Afrodite. Quando Hipólito visitou seu pai, o rei Teseu, Afrodite aumentou sua raiva durante uma discussão, resultando em Teseu matando seu filho com um golpe de espada. Quando Ártemis recebeu a notícia disso, ela imediatamente correu para o túmulo de Hipólito e levou o corpo dele ao sobrinho Esculápio, o melhor médico de toda a Grécia. Usando a cura do médico, Esculápio traz Hipólito de volta à vida. Ela então leva Hipólito para a Itália, onde ele se torna sacerdote de um de seus santuários sagrados e vive até a velhice.

Percy Jackson e os Olimpianos Editar

A Maldição do Titã Editar

As Caçadoras aparecem no início do livro, salvando Percy, Annabeth, Thalia, Grover, Nico e Bianca de um mantícore conhecido como Dr. Espinheiro, embora ele consiga fugir levando Annabeth. As Caçadoras montam acampamento e Ártemis interroga PercyBianca sobre o que o mantícore disse a eles. Ao mesmo tempo, Bianca compromete-se a Ártemis para se tornar uma das Caçadoras. Ártemis então parte para rastrear o monstro e manda Zoë comandar as Caçadoras para o Acampamento Meio-Sangue enquanto estiver fora e que ela conseguirá uma carona para eles de Apolo. Zoë protesta que as Caçadoras odeiam o Acampamento Meio-Sangue e que a última vez que elas estiveram lá, vários chalés foram queimados, sendo que Dioniso aparentemente culpa as Caçadoras

Quando Apolo chega, se oferece para ajudar Zoë com sua mochila, ela fica nervosa e Ártemis lembra-o de deixar suas Caçadoras em paz. Quando Apolo transforma seu furgão solar, todas as Caçadoras se espremem sentadas no fundo, o mais longe possível de Apolo, mostrando que possivelmente elas já haviam viajado com ele e Apolo não havia as deixado em paz.

As Caçadoras ficaram no chalé de Ártemis e participaram de um jogo de Captura à Bandeira em que provocam o avanço de Percy, permitindo que Zoë pegue a bandeira antes dele. Após o jogo, o Oráculo desce do sótão e pessoalmente dá uma missão a Zoë. Zoë decide levar Thalia e Grover consigo, além das caçadoras Bianca e Phoebe, deixando Percy de lado. Mas Phoebe acaba incapacitada quando Connor e Travis Stoll lhe deram uma camiseta coberta com sangue de centauro como vingança pelo que ela fez com eles no jogo. Mais tarde, é revelado que Afrodite havia dado aos irmãos a camiseta para que Percy pudesse seguir as Caçadoras em sua missão.

No final do livro, Zoë pereceu nas mãos de seu pai Atlas quando ela pulou entre ele e Ártemis para salvar a deusa. Ártemis a coloca no céu como uma constelação. Bianca também foi uma das pessoas que morreram durante sua busca para encontrar Ártemis e Annabeth. Um dia antes de seu décimo sexto aniversário, Thalia se juntou às Caçadoras como a nova tenente para evitar a Grande Profecia.

O Último Olimpiano Editar

Durante a Batalha de Manhattan, Percy fica sem pessoas para defender o Túnel Lincoln por conta dos filhos de Ares terem se recusado a participar da batalha. Nesse momento, Thalia lidera as Caçadoras para ajudar, tomando conta da defesa do local. Dizem que as Caçadoras dobraram de tamanho desde a última aparição. Muitas Caçadoras morrem na batalha, mas se não tivessem participado, a batalha teria sido perdida. Após a batalha, Ártemis convence Hades a permitir que todos as caçadoras que morreram na batalha passassem para o reino de Elísio no submundo.

Os Heróis do Olimpo Editar

O Herói Perdido Editar

As Caçadoras são mencionadas pela primeira vez como ajudando a procurar Percy. Mais tarde, quando JasonPiper, Leo e o Treinador Hedge estavam se recuperando de cair em águas geladas, um bando de lobos liderados por Licáon tenta matar o grupo. Os quatro fazem o possível para se defender, mas sem uma arma de prata, tudo o que podiam fazer era segurá-los. Uma flecha de prata então atinge Licáon e ele e seu bando recuam quando as Caçadoras chegam. As Caçadoras montam acampamento, enquanto Thalia, Jason e Leo entram em uma caverna para falar sobre o passado de Jason e Piper e Hedge recebem atendimento médico em uma das tendas que Phoebe montou. Thalia e Phoebe então levam o grupo para o palácio de Éolo.

No fim do livro, Thalia depois leva as Caçadoras para defender a Casa do Lobo e encontra o lugar onde Hera estava sendo mantida. Elas atacam os lobos, mas Quione interfere congelando todas elas. Elas são salvos por HeraThalia dá a Piper um cartão de visita, dizendo que as Caçadoras poderiam usar alguém como ela. Perto do final do livro, Piper joga o cartão no fogo no Acampamento Meio-Sangue, pois ela não estava interessada na causa, estando apaixonada por Jason.

O Sangue do Olimpo Editar

Reyna é sequestrada pelas Caçadoras em San Juan e levada para o esconderijo das Amazonas. Lá elas contam à pretora sobre Órion antes de serem atacados por ele. As Caçadoras e as Amazonas lutam contra ele enquanto Reyna, treinador Hedge e Nico viajam para longe, esse embate marca a morte de diversas Caçadoras e Amazonas. Além disso, Phoebe providencia uma rede para cobrir a Atena Partenos e impedi-la de ser rastreada.

As Provações de Apolo Editar

A Profecia das Sombras Editar

Enquanto caçavam a Raposa de Têumesso, as Caçadoras visitam Indianópolis e encontram Apolo na forma humana de Lester Papadopoulos. Elas o ajudam a escapar do palácio de Cômodo com Meg e Pêssego e ajudam a defender a Estação Intermediária, que é comandada pelas ex-Caçadoras Emmie e Josephine.

A Tumba do Tirano Editar

As Caçadoras chegam ao Acampamento Júpiter para ajudar na batalha juntamente com Diana e como Diana não pode ficar por muito tempo, é Thalia quem diz a Apolo que a deusa sente a sua falta, além de dizer que não culpa Apolo pelo que aconteceu com Jason. Depois Thalia conversa brevemente com Reyna perguntando-a se ela estava pronta. Reyna responde que sim, deixando seu posto de pretora e se tornando uma Caçadora. Elas se despedem de Apolo no dia seguinte com Reyna dizendo que espera férias ao que Thalia diz que terá muito trabalho caçando a Raposa de Têumesso que buscam a meses, mas Reyna retruca "Exatamente. Férias."

Caçadoras conhecidas Editar

Líderes e Tenentes Editar

Membros ativos Editar

  • Hunter Kowalski

Membros antigos Editar

  • Hemiteia (Emmie, agora mortal)
  • Josephine (agora mortal)
  • Hipólito
  • Anticlea (tornou-se mãe de Ulisses)
  • Polifonte (abandonada após Afrodite a enfeitiçar para se apaixonar por um urso, deu a luz à Agrios e Oreios)
  • Calisto (transformada em urso)
  • Aretusa

Membros falecidos Editar

  • Phoebe  (morta por Órion)

Destino desconhecido Editar

  • Sipriotes

Juramento Editar

"Eu me submeto à deusa Ártemis. Eu abandono a companhia dos homens, aceito eterna virgindade e me junto à caça."

Se uma donzela quer se tornar uma caçadora, ela deve recitar o juramento. Uma vez que Ártemis concorda com esse juramento, ele é obrigatório e a caçadora deve viver por ele pelo resto de seus dias. Ártemis também não aceita relacionamentos lésbicos. Se uma caçadora se apaixonar, deverá falar com Ártemis que negociará sua saída e removerá sua imortalidade, caso contrário, na maioria dos casos a deusa ira puni-la, transformando-a em um animal, dependendo da situação.

Habilidades Editar

  • Imortalidade: não envelhecem, sendo imortal a menos que caia em batalha ou quebre seu juramento.
  • Tiro com arco: possuem excelente mira com seus arcos, que aparecem quando necessário.
  • Combate com facas: também são proeficientes no uso de suas facas de caça.
  • Fisiologia Aprimorada: são naturalmente mais fortes e mais rápidas que um mortal, semideus ou ninfa comum.
  • Zoolingualismo: podem conversar com animais selvagens.

Equipamento Editar

As Caçadoras carregam equipamentos especiais que facilitam a instalação de um acampamento. Por exemplo, elas têm pequenas caixas (do tamanho de um pacote de chiclete) que podem ser facilmente transportadas em suas sacolas, mas podem se expandir para uma tenda de prata de tamanho completo. No verão, as Caçadoras usam camisas brancas, jaquetas de prata, calças de camuflagem prateadas e botas de combate pretas. No inverno, usam jaquetas de esqui prateadas, jeans azul e as mesmas botas.

Itens Mágicos

As armas aparecem sempre que são necessárias pelos Caçadores.

  • Água da lua
  • Arcos de prata
    • Flechas de prata
  • Facas de caça de bronze celestial

Curiosidades Editar

  • As caçadoras têm uma caixa postal em Wyoming, como revelado em A Tumba do Tirano.
  • Em A Profecia das Sombras, é revelado que as Caçadoras devem rejeitar todas as formas românticas de amor, não apenas com homens.
  • Thalia, Annabeth e Piper têm a chance de se tornar um caçador e todas recusam
    • Thalia volta a

receber a oferta diretamente de Ártemis na segunda vez e aceita, ela recusou a primeira vez porque teria que deixar Luke.

  • As Caçadoras são frequentemente confundidas com as Amazonas, que podem se apaixonar, não adoram uma deusa individualmente e podem morrer de velhice ao contrário das Caçadoras.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.