FANDOM


Charles "Charlie" Beckendorf foi um semideus grego filho de Hefesto, tendo sido ainda o conselheiro do chalé de Hefesto e namorado de Silena Beauregard. Sua morte foi aos 18 anos, pouco antes da Batalha de Manhattan, se sacrificando para explodir o Princesa Andrômeda para atrasar as forças de Cronos e permitir que Percy escape.

Percy Jackson e os Olimpianos Editar

O Mar de Monstros Editar

Quando Tyson chega ao acampamento, Beckendorf parece ser o único que não tinha problemas com ele, provavelmente porque Hefesto trabalha com ciclopes em sua forja. Ele o leva para o arsenal do acampamento e ensina a fazer armas, dando também uma pilha de restos de metal que Tyson usa para fazer o relógio-escudo para Percy.

Beckendorf também participa das duas corridas de bigas, na primeira ele pede desculpas e dispara três conjuntos de bolas com correntes nas rodas da biga de Percy e Tyson, mas Tyson é capaz de desviá-las e empurrar sua biga usando sua vara, com a biga sendo desviada depois no ataque dos passáros de Estinfália. Na segunda corrida, ele usa cabos para emparelhar com a biga de Percy e Annabeth, mas eles são cortados por Percy. Ele então luta com Percy por um tempo e joga fogo grego em sua biga, que Percy consegue jogar de volta com sua espada, forçando-o a abandonar a biga.

A Maldição do Titã Editar

Beckendorf participa da equipe dos campistas no jogo de Captura à Bandeira contra as Caçadoras, ficando na parte defensiva e cobrindo Percy quando ele avança, mas acaba sendo superado por Zoë. Mais tarde, como conselheiro de seu chalé, ele participa da reunião para discutir a profecia da missão de resgatar Ártemis, sugerindo que a equipe evite desertos.

A Batalha do Labirinto Editar

Percy e Tyson visitam Beckendorf nas forjas e o ciclope impressiona-o mostrando o que aprendeu sobre fazer armas mágicas nas forjas de Poseidon. Quando Quintus separa os campistas em duplas para derrotar os escorpiões na floresta, Beckendorf fica com Silena, o que o deixa muito feliz. Como conselheiro de seu chalé, ele participa da reunião para discutir a questão do labirinto, questionando se Dédalo já não está morto, sendo apoiado por Quintus, ainda que Quíron diz que existem muitas fofocas sobre Dédalo, mas ninguém sabe a verdade

No final do livro, Beckendorf participa da batalha no Acampamento Meio-Sangue e ajuda a montar várias armadilhas para o exército de Cronos na entrada do labirinto para que não possam entrar e destruir o acampamento.

Os Arquivos do Semideus Editar

Percy Jackson e o Dragão de Bronze Editar

Beckendorf lidera o chalé de Hefesto no jogo de Captura à Bandeira contra o chalé de Atena tendo ao seu lado os chalés de Hermes, Apolo e Poseidon. Enquanto todos os outros ficam na defesa, Beckendorf e Percy partem sozinhos para o ataque, mas são distraídos quando Beckendorf vê um bando de Myrmekos carregando uma cabeça de dragão de bronze. Beckendorf acaba atacando as Myrmekos sozinho, pois Percy é interceptado por Annabeth e Silena, o que provavelmente foi melhor, visto que Beckendorf é superado rapidamente, mordendo sua perna, borrifando gosma em seu rosto e carregando-o para seu túnel onde Annabeth diz que esperariam que amaciasse durante 30 minutos antes de comê-lo.

Ele é salvo por Percy, Annabeth e Silena quando Annabeth reativa o dragão de bronze que distrai as Myrmekos. Com as pernas ainda dormentes, ele é carregado e diz que não deveriam tê-lo reativado pois ele é instável, mas acaba convencido por Silena a ajudar o dragão que iria perder a batalha. Ele ativa uma defesa do dragão que frita as Myrmekos e então eles correm para se salvar do dragão até que Percy o distrai para que Beckendorf pule em seu pescoço e o desligue, pensando em reativá-lo da maneira certa para que ajude na batalha contra os titãs. Beckendorf também cria coragem para convidar Silena para ver os fogos, mas assim como Percy, fica nervoso quando depois de tudo o que passaram eles ainda são feitos de refém no jogo de Captura à Bandeira.

O Último Olimpiano Editar

Beckendorf aparece logo no início do livro, interrompendo uma conversa de Percy e Rachel na praia ao pousar com Blackjack no capô do carro de Paul. Ele diz a Percy que está na hora e testemunha Rachel o beijando, eles partem voando e Beckendorf brinca que provavelmente Percy não queria que ele comentasse aquilo com Annabeth.

Chegando ao Princesa Andrômeda, Beckendorf olha para uma foto de Silena antes de pousar. Eles passam de forma furtiva até sala de controle, mas Percy precisa sair para distrair o exército de Cronos enquanto Beckendorf planta as bombas. Beckendorf acaba capturado, mas consegue plantar as bombas, mandando Percy fugir para que tenham uma chance. Ele explode o navio se sacrificando para atrasar Cronos, levando parte de seu exército consigo.

Nico menciona que encontrou o espírito de Beckendorf no Elísio e ele estava esperando por alguém antes de pensar em renascer. Esse alguém parece ser Silena, que era a espiã de Cronos e acaba se sentindo culpada pela morte de seu namorado, acabando também se sacrificando para convencer os filhos de Ares a se juntar a Batalha de Manhattan, ainda que não se saiba como Beckendorf tinha conhecimento de que Silena morreria.

Personalidade Editar

Embora fisicamente imponente, Beckendorf é descrito como de bom coração e um trabalhador árduo, além de não falar muito, mas quando falava, sempre seria algo importante, para que as pessoas ouvissem. Ele era tímido, com medo de convidar Silena para o show de fogos de artifício, até que ela arriscou sua vida para salvá-lo em Dragão de Bronze. Como outros filhos de Hefesto, Beckendorf gosta da companhia de máquinas e acredita que as pessoas (especialmente as mulheres) são muito mais complicadas de entender e lidar, ainda assim afirma-se que ele tinha vários bons amigos, sendo difícil alguém não gostar dele. Ele até foi o único que não teve problemas com Tyson, pois era um bom trabalhador e Hefesto, usava ciclopes em suas forjas. Beckendorf parecia ser um líder no Acampamento Meio-Sangue, como Percy disse que era como se alguém tivesse roubado a âncora do acampamento quando ele morreu. A única vez que se sabe que a fogueira do acampamento queima preto (representando o sentimento de luto e tristeza) é logo após sua morte.

Embora não mencionado na série, é declarado no Guia Definitivo que os filhos de Hefesto geralmente têm medo de altura, vindos de quando Hefesto foi jogado do Monte Olimpo por sua mãe, Hera. Esse medo não parece incomodar Beckendorf, pois ele é capaz de voar em Blackjack para encontrar Percy no início de O Último Olimpiano, além de pular de uma grande altura para desativar Festus em O Dragão de Bronze.

Aparência Editar

Beckendorf é descrito como um garoto grande afro-americano com mãos do tamanho de luvas de beisebol e um rosto duro e estrábico de “tanto olhar para dentro de uma forja de ferreiro o dia inteiro”. Percy menciona em O Último Olimpiano, antes de ir para o Princesa Andrômeda que Beckendorf faria a maioria dos monstros chorar chamando pela mamãe".

Habilidades Editar

  • TDAH: o alerta sobrenatural de Beckendorf e os sentidos aguçados que o mantém pronto para batalha.
  • Dislexia: o cérebro de Beckendorf está "programado" ao grego antigo, em vez das línguas atuais.
  • Tecnocinese: como filho do deus ferreiro, possuía incríveis habilidades mecânicas, sendo ele o melhor ferreiro e mecânico do Acampamento Meio-Sangue em Percy Jackson e os Olimpianos, a ponto de ser dito que com um simples pedaço de metal ele poderia criar uma espada afiada como navalha, um guerreiro robótico e até uma banheira de passarinho musical.
    • Aptidão da máquina : ele conseguia entender, comunicar e detectar máquinas.
    • Perícia em máquinas : ele podia pilotar ou dirigir qualquer veículo mecânico instintivamente, incluindo carros, trens ou helicópteros.
    • Sensibilidade da máquina : ele podia detectar falhas em um metal e identificar o tipo mecânico e o uso pelo toque.
    • Detecção de armadilha : Ele também podia sentir armadilhas, armadilhas mecânicas em particular.
  • Força aprimorada: por seu contínuo trabalho na forja, acabou desenvolvendo músculos e sendo extremamente forte.

Curiosidades Editar

  • Seu relacionamento com Silena pode ser uma referência ao casamento de Hefesto e Afrodite, mesmo que eles realmente se amem, muito diferente de seus pais.
  • Sua cama, nº 1A, pode se retrair para uma área privada no chão. É equipado com muitos gadgets, como um frigobar e um sistema de jogos.
    • Leo Valdez é o sucessor da cama de Beckendorf e sua posição. No entanto, por um tempo temporário, Jake Mason foi seu sucessor (embora não tenha herdado seu beliche).
  • Os filhos de Afrodite costumavam fazer um rito de passagem de amor em que devem fazer alguém se apaixonar por você e depois quebrar o coração da pessoa. Silena se recusou a fazer isso com Beckendorf, sendo a primeira filha de Afrodite a se recusar, como Drew diz que ela terminou sua vida de forma trágica por culpa disso. Mais tarde, Piper estabelece achar o verdadeiro amor como rito, não quebrar corações.
  • Apesar de ser simpático, ninguém jamais o chamava de outro nome que não Beckendorf, evitando apelidos e até o seu nome Charles. Silena era a única a chamá-lo de Charlie.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.