FANDOM


Ethan Nakamura foi um semideus grego, filho da deusa menor da vingança Nêmesis. Ele se juntou ao exército de Cronos na Segunda Guerra contra os Deuses do Olimpo, mas os traiu e foi morto por Cronos durante a Batalha de Manhattan.

História Editar

Vida anterior Editar

Ethan cresceu como a maioria dos outros semideuses. Quando chegou à idade suficiente, foi levado ao Acampamento Meio-Sangue por um sátiro. Sua mãe Nêmesis, assim como os outros deuses menores, não tinha chalé, portanto nunca o reivindicou, deixando-o preso no chalé de Hermes com os outros indeterminados.

Como a maioria dos outros semideuses não reclamados, Ethan viveu furioso com este fato, um grande motivo que o seduziu a entrar para o exército de Cronos mais tarde. Após descobrir quem era sua mãe, passou a lutar para que deuses menores tivessem mais reconhecimento.

Conhecendo a mãe Editar

Em algum momento desconhecido, Nêmesis decidiu entrar em contato com Ethan, prometendo que lhe faria equilibrar o mundo se ele estivesse disposto a cometer um sacrifício. Ethan então abriu mão de seu olho esquerdo e passou a usar um tapa-olho sobre ele.

Percy Jackson e os Olimpianos Editar

A Batalha do Labirinto Editar

Ethan apareceu pela primeira vez no quarto livro da saga, aparecendo com um desafio para Percy Jackson na arena de Anteu. Ethan lutou para provar a si mesmo, pois era a única maneira de se juntar ao exército de Cronos. Ele foi capaz de lutar igualmente com Percy, defendendo todos os seus golpes, no entanto, devido à armadura pesada de Ethan, Percy age na defensiva, provocando golpes de Ethan para cansá-lo e, portanto, ele perdeu para Percy. Ethan pareceu aceitar seu destino e disse a Percy para "acabar logo com isso" e matá-lo. No entanto, Percy se recusou a matá-lo e o ajudou a se levantar para protestos de Anteu e da multidão de monstros. Quando Percy matou Anteu, Ethan escapou da arena junto com ele, Annabeth e Rachel. Depois de escapar e contar aos outros sua história, Ethan fugiu por conta própria e recusou a ajuda deles.

Ethan é visto mais tarde com dois telquines, discutindo seu plano de ressuscitar CronosPercy, que usava o boné da invisibilidade de Annabeth, tirou-o e implorou a Ethan para não fazer isso. Apesar de Percy tê-lo poupado na arena, ele o trai e se junta à causa de Cronos, sendo o último semideus necessário para levantar o Titã totalmente restaurado, mas ainda no corpo de Luke, das profundezas do Tártaro. Logo após, ele se recolhe, tomado de horror. Ele foi o traidor reerguido mencionado pelo Oráculo na profecia do início do livro.

Os Arquivos do Semideus Editar

A Espada de Hades Editar

Com a ajuda do titã Jápeto, Ethan roubou a espada inacabada de Hades com a intenção de usá-la para ressuscitar muitos titãs do Tártaro. Depois que Percy se joga com Jápeto no Rio Lete, fazendo o titã perder a memória e pensar ser Bob, e a espada ser recuperada, Ethan fugiu.

O Último Olimpiano Editar

Por suas ações anteriores, Ethan se torna tenente de Cronos. Ele participa da Batalha de Manhattan e descobre o “calcanhar de Aquiles"  de Percy quando desfere um golpe com sua faca no herói, mas Annabeth se joga na frente. Percy fica furioso e atinge Ethan no capacete com sua espada, amassando o capacete e deixando Ethan inconsciente. O ataque quase mata Annabeth, pois além de tudo a faca estava envenenada.

Quando confrontado por Cronos sobre onde exatamente ele estava mirando ao enfrentar Percy na batalha, ele mente e alega que não estava mirando em nenhum lugar em particular e era tudo um borrão para ele. Quando Cronos está destruindo a sala do trono dos Olimpianos e Percy, Annabeth e Grover chegam, Ethan luta ao lado de Cronos, enfrentando Annabeth para que Cronos se concentre em Percy. Cronos ordena que Ethan acerte o ponto fraco de Percy (e nesse momento Percy percebe que Ethan realmente sabe qual é).

Percy diz a Ethan para olhar em volta e ver o fim do mundo, argumentando que destruir tudo não traria equilíbrio, o que Ethan está tentando alcançar. Ethan se rebela contra Cronos no último segundo e golpeia seu pescoço, salvando a vida de Percy. No entanto, a lâmina se despedaça e uma peça ricocheteia e perfura a sua armadura até o estômago. Antes de morrer, Ethan diz a Percy que os deuses menores, como sua mãe Nêmesis, merecem tronos e o perdão do resto dos deuses, pois eles foram bem tratados por séculos. Cronos faz uma fenda no chão, matando Ethan quando ele cai no ar vazio, milhares de metros acima do solo.

Percy faz uma mortalha para Ethan após a batalha, escolhendo se lembrar dele por suas boas ações, em vez de suas más. Sua mortalha é de seda preta com espadas cruzadas sob um conjunto de escamas, o símbolo de Nêmesis. Para respeitar os desejos finais de Luke e Ethan, Percy recusa a imortalidade e usa seu desejo dos deuses para que eles jurem pelo Rio Estige que eles honrem e reivindiquem todos os filhos de todos os deuses quando completarem 13 anos e honrem os próprios deuses menores, colocando chalés no Acampamento Meio-Sangue e tronos no Olimpo para eles.

Personalidade Editar

Ethan é um garoto corajoso e impetuoso, muito motivado por seus objetivos. Ele segue seus objetivos e tenta alcançá-los da melhor maneira possível, mesmo que isso signifique trair aqueles com quem se aliou. Como sua mãe, Ethan tem um forte desejo de equilibrar as coisas, sentindo que os deuses menores merecem mais respeito. Algumas provas de sua coragem são a maneira como ele lida com a derrota para Percy na arena de Anteu, aceitando a morte, e seu golpe em Cronos, mesmo sabendo que não teria resultado por conta de sua invulnerabilidade, o que provavelmente levaria (e levou) à sua morte.

Aparência Editar

Percy definiu Ethan como um menino asiático por volta dos dezesseis anos. Ele é magro, tem olhos castanhos com cabelo preto brilhante. Sua característica mais reconhecível é o tapa-olho sobre o olho esquerdo. Em O Último OlimpianoPercy quebra o seu nariz, o deixando parecido com "um tomate esmagado". A armadura grega de Ethan pendia dele um pouco quando ele a usava (mostrando que era muito grande, provavelmente por causa da estrutura esbelta de Ethan).

Habilidades Editar

  • TDAH : o alerta sobrenatural de Ethan e os sentidos aguçados que o mantém pronto para a batalha.
  • Dislexia: o cérebro de Ethan está "programado" ao grego antigo, em vez dos idiomas normais.
  • Esgrima: Apesar da falta de um olho, Ethan é um espadachim extremamente habilidoso. Seu estilo de luta gira principalmente em torno da defesa. Isso permite que ele tenha combates equilibrados contra Percy e Annabeth, dois dos semideuses mais notáveis em combate da saga. No entanto, Ethan cansa rapidamente se for forçado a atacar, o que o levou a perder para Percy.
  • Ticocinese (provável): Como filho de Nêmesis, pode-se presumir que Ethan pode controlar a probabilidade de coisas boas e más acontecerem aos indivíduos para equilibrar a suposta boa e má sorte. Isso pode explicar seu golpe de sorte no ponto fraco de Percy, que ninguém além de Percy sabia na época.

Curiosidades Editar

  • Não está claro se Nêmesis removeu completamente o olho de Ethan ou simplesmente o cegou.
  • Ethan é a última pessoa a ser morta por Cronos.
  • Ele é citado por Nêmesis em A Marca de Atena quando ela negocia com Leo e menciona que recentemente um de seus filhos trocou o olho para fazer diferença no mundo.
  • Ele também é citado por Percy em O Oráculo Oculto quando ele menciona pessoas boas que estiveram sob má influência.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.