FANDOM


A Oráculo de Delfos é uma donzela sacerdotisa que abriga o espírito de Delfos de forma que se torne o orador das profecias que são dadas aos heróis do Acampamento Meio-Sangue. Foi por muito tempo o posto de uma mulher desconhecida que continuou em seu posto mesmo após sua morte por conta de uma maldição de Hades. Após o fim da maldição, Rachel Elizabeth Dare se tornou a nova Oráculo.

Percy Jackson e os Deuses Gregos Editar

Originalmente, Delfos era uma fonte que sussurrava o futuro para aqueles que ouviam. Os gregos chamavam de onfalos (significando umbigo do mundo), uma vez que estava no centro geográfico. Gaia foi a deusa a possuir o Oráculo de Delfos, sua filha, a titã Febe, morava lá e foi a primeira a descobrir como ouvir as vozes. Réia tenta conversar com o Oráculo de Delfos quando sua Phoebe tinha controle sobre ele, querendo salvar seu útlimo filho, Zeus, de ser comido por Cronos, no entanto, Febe não teve nenhum conselho para dar à irmã.

Os mortais Deucalião e Pirra, rei e rainha da Testrália, pediram ao Oráculo de Delfos como repovoar o planeta após o dilúvio que Zeus causou para punir a humanidade. O Oráculo diz a eles: "Quando saírem daqui, cubram a cabeça e joguem os ossos de sua mãe para trás conforme andarem, e não olhem para trás". Eles fazem isso, jogando pedras para trás como se fossem os ossos da Mãe Terra, Gaia, e assim cada pedra virou um humano.

Leto, filha de Febe, procurou um lugar para dar à luz, já que havia sido amaldiçoada por Hera. A cobra gigante Píton, nascida do lodo do dilúvio de Zeus, estava na caverna e comia os sacerdotes que apareciam, como tentou fazer com Leto, a perseguindo por quilômetros. Quando Leto deu à luz Apolo e Ártemis em Delos, Apolo decidiu matar Píton pelo que ele fez com sua mãe, tendo sucesso e assumindo o Oráculo. A sacerdotisa principal passou a ser conhecida como Pítia, em homenagem a Píton, recebendo as profecias diretamente de Apolo e as transmitindo em forma de enigmas, poesias ou ambos. O espírito do Oráculo de Delfos acabou sendo transmitido de donzela em donzela para continuar profetizando.

Percy Jackson e os Olimpianos Editar

Suas profecias estão presentes em todos os livros principais da série, mas ela não aparece fisicamente em O Mar de Monstros e A Batalha do Labirinto.

Vida pregressa Editar

Logo antes do início da Segunda Guerra Mundial, a Oráculo havia proferido a primeira Grande Profecia, alegando que um filho de Zeus, Poseidon ou Hades teria que fazer uma escolha que preservaria ou arrasaria o Olimpo quando alcançasse 16 anos. Não querendo arriscar, Zeus ordenou que os dois filhos de HadesBianca e Nico di Angelo, fossem enviados ao Acampamento Meio-Sangue para serem treinados. Ao ouvir isso, a Oráculo aconselhou Hades a esconder seus filhos rapidamente, como ele sabia que os filhos seriam ensinados a odiar o pai e ainda assim tinham boas chances de serem mortos.

Já desconfiando de seu irmão, Hades pediu à sua amante Maria di Angelo que se escondesse no Mundo Inferior, onde ele poderia proteger seus filhos e disse a ela que não havia muito tempo, já que o prazo de Zeus já havia passado há uma semana. Maria não acreditava que os deuses seriam tão cruéis a ponto de matá-los e subiu as escadas para pegar sua bolsa. Naquele momento, Zeus enviou um raio para matar as crianças. Hades conseguiu protegê-las, mas não foi capaz de salvar Maria e amaldiçoou Zeus em sua raiva.

Depois que os filhos de Hades e o corpo de Maria foram levados pelas Fúrias, a Oráculo apareceu diante de Hades. Enquanto Hades culpava a garota pela morte de seu amante e ameaçava destruí-la, ela respondeu dizendo que o poder de Delfos a protegia e que o havia avisado para esconder as crianças mais cedo. A Oráculo permaneceu firme até Hades dizer que, mesmo que ele não pudesse matá-la, ele poderia amaldiçoá-la. Hades então afirmou que, enquanto seus filhos permanecerem excluídos e ele forçado a trabalhar sob a Grande Profecia dela, o espírito do Oráculo nunca passaria para outro anfitrião. Mesmo após a morte, o espírito nunca seguiria em frente e continuaria a profetizar até que seu corpo se dissolvesse em nada além de poeira.

Embora o Oráculo não pudesse mais mudar de corpo, após sua morte, a única pessoa que sabia disso era Hades. Vinte anos depois da morte da Oráculo, May Castellan tentou assumir o espírito do Oráculo de Delfos. Enquanto Quíron a encorajava, seu amante Hermes protestou, pois parecia que a humanidade havia perdido o poder de manter o espírito. May, no entanto, queria hospedar o Oráculo e insistiu em correr os riscos. No entanto, o processo não funcionou e May foi amaldiçoada com visões horríveis do futuro sobre o filho Luke, ficando completamente insana, tendo poucos momentos em que falava de algo que aconteceria no futuro. O corpo do Oráculo continuou a permanecer no sótão e ninguém mais foi autorizado a tentar assumir o espírito.

O Ladrão de Raios Editar

Após Quíron explicar a situação do roubo para Percy, ele manda o filho de Poseidon visitar a Oráculo no sótão. Percy encontra o corpo em decomposição da Oráculo sentado em um banco de três pernas e pergunta qual seu destino. Uma névoa verde sai da Oráculo, formando uma visão de Gabe e seus amigos de pôquer e através deles, passando a profecia à Percy.

A Maldição do Titã Editar

Quando Percy, Thalia, Grover, Nico, Bianca, Zoë e as outras Caçadoras chegam ao acampamento, Percy decide visitar a Oráculo por conta própria para descobrir como salvar Annabeth, mas o espírito não aparece.

Mais tarde, após o jogo de Captura à Bandeira, enquanto Thalia e Percy brigam, a Oráculo aparece na floresta, saindo do sótão pela primeira vez em anos para ceder uma profecia à Zoë. Percy e Grover ficam encarregados de levá-la de volta ao sótão, com Percy batendo a cabeça dela por acidente e ficando preocupado se ela quebrou algum osso.

O Último Olimpiano Editar

Quando Percy voltou ao acampamento, ele deu a Quíron a mensagem de Poseidon de que estava pronto para a Grande ProfeciaAnnabeth e Percy foram até o sótão e ao ver a Oráculo, Percy questionou por que era uma múmia e Annabeth explica que era uma linda donzela e que o espírito de Delfos mudava de hospedeira a cada geração, mas esta foi a última. Quando Percy pergunta o porquê, Annabeth prefere não responder para fazer logo o que deve ser feito, pedindo então ao Oráculo a Grande ProfeciaPercy esperava que algo incrível acontecesse, mas Annabeth apenas pegou um pequeno pergaminho em volta do colar dela.

Durante os eventos da Batalha de Manhattan, Percy tem alguns sonhos, ele vê Nico descobrindo o que aconteceu com a Oráculo e como ela recebeu a maldição de Hades. Percy vê ainda o que o aconteceu com May Castellan quando tentou suceder a Oráculo e também vê o início das visões de Rachel, descobrindo aos poucos seu caminho para ser a nova Oráculo.

Após Rachel falar com Héstia, ela finalmente entende suas visões e pega Blackjack para ir ao Acampamento Meio-Sangue, onde assume o espírito do Oráculo com sucesso, já que Hades havia acabado de retirar sua maldição. Logo em seguida, ela começa a falar a nova Grande Profecia na frente de todos.

Os Heróis do Olimpo Editar

O Herói Perdido Editar

Após a chegada de Jason, Piper e Leo ao acampamento, enquanto todos estão reunidos na fogueira, vários campistas perguntaram a Rachel, o novo Oráculo, se os eventos da Profecia dos Sete estavam acontecendo. Ela diz que sim e começou a repetir a profecia, apenas para Jason terminar em latim, para grande surpresa de todos. O espírito de Delfos então toma conta de Rachel e passa uma nova profecia para Jason, dizendo-lhe para resgatar Hera de uma jaula. Depois disso, Rachel desmaia, mas alguns campistas estavam preparados para isso e a seguram, a carregando para que deite e descanse.

Juramento Editar

"Eu aceito esse papel. Faço meus votos a Apolo, deus dos oráculos. Abro meus olhos para o futuro e abraço o passado. Eu aceito o espírito de Delfos, Voz dos Deuses, Porta-voz dos Enigmas, Vidente do Destino."

Pode-se supor que todas as donzelas que podem ver através da Névoa e possuam o dom da profecia que desejam assumir o espírito de Delfos, devam repetir esse juramento a Apolo. Em O Último Olimpiano, enquanto Rachel dizia as palavras do juramento uma névoa verde surgiu engrossou aos poucos. Quando ela terminou, a névoa a envolveu em uma coluna e Rachel entrou em colapso, enquanto o espírito se estabelecia ou não, finalmente tendo sucesso. Automaticamente, toda Oráculo também deve abandonar o amor.

Curiosidades Editar

  • É dito que quando um semideus visita o Oráculo, a experiência às vezes é tão traumatizante que eles podem voltar à loucura, entrar em coma ou possivelmente morrer por causa das imagens realistas, porém nenhum dos semideuses que o visitam na saga parecem ter grandes problemas.
  • O Oráculo real de Delfos da vida real deu respostas semelhantes a enigmas, enquanto em transe, aos gregos antigos que fizeram suas perguntas. Teoriza-se que vapores psicodélicos da terra ao redor da mulher possam ter feito com que ela entrasse em estado de transe e parecesse ser possuída por um deus.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.