Wiki Acampamento Meio-sangue
Advertisement

A Quimera é um monstro mitológico com corpo híbrido de animais, sendo geralmente representada com uma mistura de leão, cabra e serpente. É filha de Tifão e Equidna e faz uma breve aparição em O Ladrão de Raios junto com sua mãe ao atacar Percy no Arco de Saint Louis.

História Mitológica[]

A Quimera aterrorizou as terras da Lícia por muito tempo, até que Belerefonte usou Pégaso para voar longe do seu bafo de fogo e disparar chumbo na sua boca. O chumbo derreteu, a matando asfixiada com seu veneno.

Percy Jackson e os Olimpianos[]

O Ladrão de Raios[]

PercyAnnabeth e Grover encontram Equidna e Quimera disfarçados pela Névoa no elevador ao irem para o Portal em Arco de Saint Louis. Equidna questiona onde estão seus pais e chama seu chihuahua de filhinho. Quando o trio decide descer, o elevador está cheio e Percy fica para trás com uma família mortal, Equidna e Quimera. É então que Equidna permite que Quimera ataque e elas revelam suas verdadeiras formas.

Percy é derrotado aos poucos por Quimera, com Equidna dizendo que não se fazem mais heróis como antigamente. Quando Percy sobe na beira do local, Equidna zomba dele dizendo que se for o filho de Poseidon não deve ter medo de pular no rio, o chamando de infiel por não confiar nos deuses, mas ao mesmo tempo dizendo que não pode culpá-lo. Quando a Quimera ataca, cuspindo fogo, Percy finalmente pula e escapa do perigo.

Aparência[]

Versão mitológica da Quimera

Na versão mitológica da Quimera morta por Belerofonte, ela tem tronco e cabeça de um leão, as costas de um dragão, uma cabeça de serpente como cauda e uma cabeça de cabra saindo de suas costas. Rick Riordan, porém, decidiu representá-la de outra maneira.

Enquanto disfarçada pela Névoa, ela aparece como um chihuahua usando uma coleira de falsos brilhantes. Ao se revelar, ela mantém a coleira além da clássica cabeça de leão e a cabeça de serpente como cauda. Mas suas outras características mais clássicas não existem, com ela tendo um corpo e de cabra e a juba untada de sangue.

Habilidades[]

  • É capaz de cuspir fogo.
  • Sua cauda com cabeça de serpente possui presas venenosas.
  • É imensamente forte, além de ágil e rápida.
  • Possui poderosos dentes de leão.

Curiosidades[]

  • Juntamente com sua mãe Equidna, a Quimera é um dos poucos monstros que não terminam mortos e enviados ao Tártaro.
  • Na adaptação cinematográfica de O Ladrão de Raios, a parte em que Percy e seus amigos encontram Quimera e Equidna no Arco de Saint Louis foi substituída por eles lutando contra a Hidra em uma réplica do Partenon no Tennessee. De acordo com o roteirista Craig Titley, a quimera era "muito estranha" e, portanto, vista como "inacessível e inacreditável", não se conectando com o público. O diretor Chris Columbus teve a ideia de substitui-la pela Hidra, pois era uma criatura mais icônica que também pareceria realista para o público se conectar. Também era supostamente mais fácil para os atores reagirem durante as filmagens. A cena em si também foi considerada muito cara e difícil de filmar.
    • Rick Riordan, por outro lado, achou que a cena inteira era horrível e completamente estranha à história. Ele disse que o Partenon era um lugar onde eles perderiam os leitores dos livros aos montes sem nenhuma boa razão, mas achou que poderia ser facilmente corrigido se Ares fosse colocado lá.
  • Em alguns mitos, a Quimera tinha asas de dragão, ainda que nenhum cite que ela possa voar.
  • As quimeras na botânica são geralmente organismos únicos compostos por dois tipos de tecidos geneticamente diferentes. Enquanto na paleontologia, uma quimera é um fóssil que foi reconstruído com elementos provenientes de mais de uma única espécie de animal. Ambos os casos fazem referência ao fato da quimera mitológica ser um híbrido de animais.
Advertisement